quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Corrida do Tejo - 15 de Setembro de 2013 - Com recorde de 10km!

Passados quase três meses desde a minha última prova oficial, a Corrida D. Dinis voltei às competições oficiais. Antes de mais quero agradecer ao Carlos Cardoso do Blogue Papa Kilometros que me ofereceu o dorsal, que possibilitou a minha participação na prova. Obrigado Carlos! Tinha prometido ao Carlos que iria agradecer da forma que penso ser a melhor, bater um recorde pessoal, neste caso nos 10km. Como só prometo aquilo que acho que consigo atingir estava confiante, para além do mais estou a preparar-me para tentar melhor o meu tempo recorde da Meia Maratona (1h40) e ando a treinar com afinco. Fiz o levantamento do saco com o respectivo conteúdo (tshirt, chip, papelada e uma coisa que utilizei depois da prova o mel). Levei companhia para esta prova, o meu amigo Rui. 



Entrámos dentro do curral do povo (60m), mas com o moral em alto com eu estava até podia partir mesmo do final do curral, que hoje o recorde pessoal ia cair. Tirámos umas quantas fotos e disse ao Rui para tentarmos avançar um pouco mais para termos que ultrapassar uns milhares de pessoas. 




Fui atrás do Rui e ele lá foi furando pela multidão quase mesmo até ao limite das barreiras. Tivemos sorte, já que ficámos à sombra do edifício da estação de Algés, o que foi muito bom porque o Sol já estava a queimar (esteve mais calor do que pensava que estaria). 



No local onde estávamos era impossível aquecer, portanto basicamente tentei aquecer as articulações dos membros inferiores e muito importante as costas na zona lombar onde ando com algumas dores. Entretanto começo a olhar para os corredores do curral de Sub 45 com espaço para aquecer, reparo no entanto numa rapariga que estava neste curral com físico que indicava que ia mais para a caminhada do que para correr, quanto mais para conseguir fazer um tempo de Sub 45 aos 10km. Fiquei logo aí um pouco irritado, entretanto atrás de nós aparece um grupo a furar a multidão, mais uma vez reparei numa senhora com o seu equipamento de caminhada de fim de semana, se já estava irritado pior fiquei. Então com o gajo do microfone a grunhir bacoradas sobre o Isaltino fiquei logo quente. Vemos os marcadores de tempo com uma bandeira vermelha a indicar os tempos. Fixei logo o marcador de Sub 45, que seria a minha lebre. Felizmente lá abriram o curral, não sei se antes ou depois da alegada buzina de partida. Tinha tido oportunidade de ler um blog a dar conselhos sobre a prova e decidi que ia aproveitar o passeio para puder ultrapassar o máximo de pessoas possíveis.  Peço desculpa a alguém que tenha prejudicado visto que parecia mais um canguru do que um corredor, a saltar da estrada para o passeio e vice-versa. Sabia que tinha que tentar acelerar o máximo que conseguisse logo ao inicio para tentar colar ao marcador. O 1 km foi feito a um ritmo de 4min18s, o 2 km a 4min08s. Antes de chegar ao 3 km consegui colar ao marcador, no entanto com ritmo alucinante dos 2 km inicias e com a subida do 3 km, diminui o ritmo para 4min40s. Na subida o Rui passa por mim e diz para colarmos ao marcador, mas digo que preciso de abrandar o ritmo na subida senão rebentava logo ali. Depois da subida estabilizei num ritmo abaixo dos 4min30s, até ao 6km, fiquei surpreendido com o ritmo vivo que o marcador levava, sempre na casa de 4min10/4min20. Algures nestes km, vi o elemento feminido do blog Nós e a Corrida. Tentei colar ao marcador durante estes km mas o calor que já se fazia sentir, o ritmo inicial alucinante e a subida fez com que começasse a pagar a factura quebrando o ritmo para 4min39s. Na respectiva descida tentei acelerar o passo e voltei a correr a 4min32s, no entanto na subida depois do posto de combustível de Oeiras  voltei a quebrar o ritmo e a ver o marcador ganhar maior distância até esse momento. Este 9 km foi horrível, fazendo o pior tempo de 4min40s, quebrando na subida e deixar-me ir a baixo um pouco psicologicamente. Entro no 9 km e olho para o relógio, tentando fazer contas se daria para bater o recorde, vi que dava desde que não quebrasse mais o ritmo. Passados sensivelmente 200m, aparece o Rui todo fresco que nem uma alface e dizer para irmos buscar o marcador, respondi que fosse ele visto que estava com receio de quebrar se aumentasse o ritmo. Chego à rotunda para dar a volta e vejo uma pessoa deitada no chão a tentar levantar-se com a ajuda de outro corredor, mas as pernas dele pareciam varas verdes a tremerem. Volto a olhar para o relógio e vi que precisava de apressar-me já que poderia "morrer na praia". Faço um sprint e começo a ver o cronómetro oficial, já ia nos 45min e alguns segundos. Já com algum sofrimento passo a meta com o tempo oficial de 45m35s tempo de chip 44m58s. Recorde Pessoal batido por cerca de 30s!













Fiquei contente, mas como estava muito cansado nem consegui festejar decentemente. Após passar a meta vejo o Rui que chegou 15s antes de mim e cumprimentámos-nos. Continuamos a andar e vejo o casal do blog Nós e a Corrida, ficamos à conversa uns minutos sobre os tempos que realizaram e seguimos para sair da zona da chegada. À saída dão-nos a maçã mais pequena que vi na minha vida, uma garrafa pequena de água e uma bonita medalha. Continuamos os quatro à conversa durante largos minutos, tiramos umas fotos para a posteridade e voltámos para trás até à partida.




Foram mais uns 10 km de recuperação, a conversar e com muita boa disposição. Chegámos a Algés continuámos à conversa, quando a companhia é boa custa despedir-nos. Mas lá nos despedirmos até uma próxima oportunidade (que espero que seja para breve). Foi um prazer correr convosco, Tânia e Isac! E parabéns pelos recordes pessoais!

Sobre a prova alguns aspectos a considerar, pelo preço 13€ acho uma prova cara, sem direito a transporte de comboio gratuito, a tshirt é de qualidade média com umas cores bonitas, durante a prova direito a dois abastecimentos líquidos, no final uma maçã gourmet, uma pequena garrafa de água e uma bonita medalha. Acho que não compensa a inscrição pelo preço que pedem. Não sei se voltarei apesar de ter sido feliz nesta prova. 




22 comentários:

  1. Bom, a parte da t-shirt com as cores bonitas é discutível... Branca e azul? Boring... :)
    Mas o que importa é o teu resultado e esse sim, um feito digno de registo.
    Parabéns, Sílvio! Qual é o próximo desafio?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! É a minha cor favorita, o azul, mas a minha preferência clubistica é avermelhada... :D O próximo desafio é fazer sub 1h40 na Meia Maratona dia 6 de Outubro. No ano de 2014 cheira-me a grandes desafios (distâncias)... Beijinhos

      Eliminar
  2. Obrigado também pela companhia Sílvio. Espero que possamos repetir em breve. Sabes que a conversa do trail em Sesimbra deixou-me a matutar na ideia...
    E já agora, como é que conseguiram esses ritmos nos primeiros Kms?? fogo, eu fiz uns misseros 4:44 e tive de atropelar familias inteiras...lol
    Continuação de bons treinos Sílvio. Abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A organização do Trail de Sesimbra é do melhor que existe em Portugal, com excelentes abastecimentos (qualidade, diversidade), a simpatia dos elementos da organização e um percurso bonito. É a mesma do Trail de Portel. Há tempo até lá, vai amadurecendo a ideia... ;) E aumentando os quilómetros! Houve dois factores: correr pelo passeio e pela estrada quando havia espaço e só abrandar o ritmo quando vi o marcador de sub 45. Um abraço e bons treinos para vocês!

      Eliminar
  3. Fantástico tempo alcançado! Que venha a meia-maratona...
    Quanto à Corrida do Tejo, já desisti de lá ir, não só pelo preço da inscrição mas tembém pela enorme confusão na partida.
    Continuação de cons treinos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! A corrida a aquele preço não vale a pena, é uma boa corrida para quem se vai estrear numa prova oficial por causa do ambiente.

      Eliminar
  4. Mais uma vez parabéns pelo recorde (nada fácil numa prova destas, com tanta gente), e obrigado pela referência. Prometeste e cumpriste...assim é que é.
    A camisola em minha opinião é lindíssima e nada "boring" como alguém aqui disse :), ainda por cima na tua cor preferida :)
    Dá-lhe com força, que nessa forma o sub 1h40 está no papo.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Bom, bom! Esta malta do norte...

      Eliminar
    2. Obrigado! Vamos lá ver como corre a Meia... Um abraço

      Eliminar
  5. Parabéns Sílvio, gosto muito desse percurso, do qual tive o prazer de desfrutar no ano passado. Este ano, uma lesão trocou-me as voltas mas pode ser que no próximo ano possa ir aí tentar melhorar o meu tempo aos 10km.
    Bjo

    ResponderEliminar
  6. Muitos parabéns pelo novo record Sílvio. Quanto à prova, partilho da tua opinião. Preço excessivo para a oferta, tendo em conta os patrocínios que esta têm e comparado com muitas outras provas de 10km.
    Abraço e de certeza que o record de 1h40m vai cair na 1/2 da Vasco da Gama.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! Espero que ele (o recorde) caia e não eu :)! Um abraço

      Eliminar
  7. Parabéns pelo recorde Sílvio!
    Pelas fotos nota-se o empenho no sprint final, vinhas concentrado! :)
    Continuação de boas corridas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! Vinha era a sofrer! Foi dura aquela subida! Beijinhos e bom trail.

      Eliminar
  8. Parabéns pelo resultado e pelo record pessoal.

    Eu não ia com intenção de bater o meu mas a certa altura apercebi-me que seria possível. Infelizmente acabei por morrer na praia e não o conseguir por cerca de 20''. Fica para a próxima.

    Quanto às dores nas costas, quero deixar aqui uma dica, já que venho de uma paragem de quase um ano por causa de uma hérnia discal na L4-L5:

    1) Não ignorar e ver o que se passa, fazendo uma TAC se for necessário;
    2) Caso não seja uma hérnia, deve-se ter um especial cuidado em fortalecer a faixa lombar para prevenir o seu aparecimento. As pranchas ventrais e laterais são um óptimo exercício de fortalecimento (também ajudam caso a hérnia já se tenha revelado).

    Bons treinos e boas provas,

    Fernando Varela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! Deve ter sido uma desilusão para si... Ainda por cima por tão pouco tempo...

      Em relação aos conselhos obrigado. Aponto mais para a segunda dica, tenho tendência para ter lombalgias devido a ter o core pouco trabalhado. Nos últimos meses deixei de fazer qualquer trabalho de força média.

      Um abraço

      Eliminar
  9. Mais uma vez muitos parabéns pelo RP Silvio :)
    Quanto a companhia temos certamente que repetir foi um óptimo convívio e uma recuperação com muito paleio do bom à mistura :))

    Bons treinos para dia 6, esperamos novidades ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado!
      Realmente foi muito o convívio, temos que voltar a repetir o mais tardar em Sesimbra. Espero dar novidades boas dia 6! Beijinhos

      Eliminar
  10. Olá Silvio,
    Se duvidas houvesse que conseguirias fazer sub45, foram tiradas nesta prova fantastica, parabéns.
    Para o ano que vem, caso participes, já partes de outra zona, sem atropelos, apesar de também ouvir dizer que andam por lá pessoas que não pertencem ali, mas isso são pormenores.
    Um dos meus objetivos também passa por fazer menos de 45, e penso que com calma está ao meu alcance, mais do que isso é que já começa a ser difícil.
    Começo a gostar mais de longas distâncias, correr como se não houvesse amanhã começa a parecer uma coisa um pouco louca para mim.
    Espero dia 6 chegar a tempo de ouvir o pessoal tocar.
    Bons treinos e boa prova.

    Manuel Nunes

    ResponderEliminar