segunda-feira, 23 de março de 2015

Meia Maratona de Lisboa 2015 - 22 de Março de 2015 - Novos recordes pessoais!

Aproveitando uma estadia no nosso país aproveitei para ir à Meia Maratona de Lisboa a convite do meu grande amigo Rui Soeiro. Para este prova não fiz qualquer treino específico, quer em termos de velocidade ou outro aspecto qualquer. Apontava para tentar terminar em menos 1h45m. Para não variar muito o dia começou bem, esqueci-me do relógio em casa da minha irmã e tive que voltar a trás. Este ano a logística estava mais simplificada, pelo menos ao inicio, apenas tive que me deslocar até à estação do Pragal onde me esperava o Rui Soeiro e dois amigos dele o Duarte e a Alexandra. Dirigimo-nos até ao garrafão da Ponte 25 de Abril de forma muito fluida. Depois de encontrarmos o João Lima, o Vitor, a Isa e o João Cravo, conseguimos encontrar um bom local de partida. Entretanto surge em modo furtivo (não fosse ele um "esquilo") o António Arede. Ficámos alguns minutos à espera da partida, a conversar. Para não perder o bom local onde estávamos tive que aguardar para puder ir ao WC (tarefa que só foi concluida 4h depois). O meu aquecimento resumiu-se aos tornozelos e ao pescoço (devido ao muito calor que já se fazia sentir). Após o tiro de partida arrancámos com objectivos diferentes, o Rui a acompanhar o Duarte para um tempo final de 1h45m e eu para o melhor resultado possível. Em cima de ponte começei a ficar frustrado porque não conseguia correr como deve ser devido ao aglomerado de pessoas. Mas acho que até acabou por ser bom, para me refrear o ímpeto inicial. O 1km foi feito em 5m16s, no 2km comecei a correr já como queria e o ritmo foi logo para os 4m14s. O 3km e 4km foram cumpridos em 4m21s e 4m14s. Nesta altura pensei em tentar manter o ritmo abaixo do 4m30s até onde desse. Embalado pela descida e por algum apoio do público (muito pouco para tanta gente a assistir) cumpri o 5km em 4m09s, ainda com o abastecimento de água pelo meio. Nos abastecimentos adoptei a estratégia de molhar-me todo e ir sempre com a tshirt e o boné ensopados. No ano anterior tinha sofrido um pouco com o calor. Até ao 8km os tempos andaram todos na casa dos 4m25s, com o segundo abastecimento pelo meio. O 9km foi cumprido em 4m20s sendo os kms seguintes mais lentos com tempos na casa do 4m30s, já depois do retorno feito. Os kms seguintes foram feitos com uma precisão incrível com tempos de 4m28s. Nos abastecimentos seguintes fui tentado beber a bebida energética, água e ensopando a tshirt para minimizar os efeitos da canícula que se fazia sentir. O momento mais caricato surgiu depois de um abastecimento, cerca do 14km, onde ao atirar a garrafa para o caixote do lixo o boné foi atrás desse lançamento. Toca de voltar para trás e debruçar para dentro do caixote para tirar o boné dentro dele. As pessoas que vinham atrás de mim devem ter-se fartado de rir com a situação. As sombras que surgiam eram todas aproveitadas para arrefecer o corpo. Entre o 16km e 17km senti um pequena quebra, provavelmente devido ao retorno. Já depois de ter feito o retorno comecei a sentir-me muito bem e acelerei um pouco para rolar a ritmos de 4m25s. Neste período recordei que no ano passado vinha em condições muito piores do que este ano, portanto acelerei ainda mais passando de um ritmo de 4m26 para 4m20s e para um estonteante último km a 4m16s! Sendo o terceiro km mais rápido de toda a prova! Ultrapassei a linha de chegada com o tempo final de 1h33m17s! Tirei 3 minutos ao meu anterior recorde da Meia Maratona! Outro recordes que cairam foram o dos 10km (43m28s), 15kms (1h05m54s), 20 km (1h27m52s) e de distância máxima em 1h (13.67km). O tempo oficial foi de 1h36m27s e tempo de chip foi 1h34m19s. Fiquei extremamente contente com o resultado desta corrida! 


20 comentários:

  1. 5 recordes numa prova é OBRA!

    Parabéns!

    ResponderEliminar
  2. Bala Humana!!! Pentaparabéns!!!
    Abraço

    P.S. Tens a certeza que não cortaste caminho :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! Ia a sentir-me tão bem que não ia perder a oportunidade de disfrutar do "prato completo"... :-)

      Eliminar
  3. Que grande tempo!!!
    Parabéns Sílvio!

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Pensava que tinhas ido à Ponte para correr, afinal foste foi voar!!!
    Voaste tanto que até o boné voou para o caixote, eh eh eh

    Um abraço e MUITOS PARABÉNS!!! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade! Ia mesmo rápido e fartei-me de rir com esta situação! Um abraço

      Eliminar
  5. Parabéns pelas novas conquistas... Grandes tempos... Ver se em breve conseguimos fazer um treininho juntos, mas bem mais calmo... :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! Temos que combinar uns treinos juntos sim, estes ritmos são só em prova não costumo treinar assim.

      Eliminar
  6. Upa upa. Não fosse o meu empurrão... ;)
    Gostei de te ver, apesar de ter sido por pouco tempo. Ias com pressa?

    Abraço e parabéns!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ia bem e realmente parecia que ia com pressa... :D Obrigado!

      Eliminar
  7. Boa, parabéns! Escusavas era de ter mandado o boné pró lixo..eheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Epá a situação foi tão caricata que desatei a rir sozinho! Obrigado!

      Eliminar
  8. Parabéns, Sílvio! Isso é que foi!! Estas visitas à Lusitânia fazem-te bem. ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Espectáculo Sílvio!
    Foram só recordes e o tempo não estava muito favorável.
    Tu agora voas, vai lá vai!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! Este ano estava um pouco menos de calor do que no ano passado, mas mesmo assim estava quetinho...

      Eliminar
  10. Grande tempo Sílvio, desculpa lá na altura nem te reconheci.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! Sem stresse, eu estava um pouco camuflado!

      Eliminar